Origens

A Paróquia Armênia Católica, originalmente chamada “Capelania da Missão Armênia Católica “, teve sua origem em 1935, com a chegada a São Paulo do Rev. Pe. Vicente Davidian, proveniente do Egito e enviado por sua Beatitude o Patriarca Avedis Arpiarian, outrora Arcebispo de Marach. Ele atendeu aos reiterados apelos feitos pelos fiéis armênios radicados desde 1923 em nossa cidade, proveniente, em sua maioria, de Marach.
A este desfecho feliz contribuiram eficientemente as diversas iniciativas tomadas pelos saudosos Serop Efendi Kherlakian junto ao Cardeal Vasconcelos Motta, então Arcebispo de São Paulo. Numa de suas visitas, ele chegou a dizer a sua Eminência, gracejando: “Os armênios estão a tal ponto apegados ao seu mito e liturgia, que consideram inválida toda missa assistida em outro rito”.
Durante mais de 30 anos, de 1935 a 1966, a Paróquia Armênia Católica de São Paulo teve como sede provisória a Igreja de São Cristóvão da Luz, à Avenida Tiradentes, 84, passando, a partir de 1971, para a sua sede definitiva à Av. Tiradentes, 718.
O Pe. Vicente Davidian serviu com amor, dedicação e abnegação a sua comunidade de São Paulo durante 14 anos, estendendo também o seu zelo a todos os integrantes da Colônia Armênia, sem distinção de credo. No ano de 1951, após um ano de permanência em Roma, ele foi transferido para o Rio de Janeiro, onde, depois de intenso apostolado de mais de 15 anos, faleceu no dia 29 de março de 1965, sendo sepultado no Cemitério do Pechincha (Jacarepaguá) num túmulo de granito mandado construir por seus amigos de São Paulo, entre os quais é preciso destacar o Sr. Marcos Keutenedjian.
Quem sucedeu ao Pe. Vicente em Sâo Paulo foi o Sr. Rev. Pe. Gabriel Chadarevian, chegado de Alepo, na Síria, em 17 de setembro de 1950, instalando-se na mesma igreja de São Cristóvão, onde oficiara o seu predecessor. No dia 6 de outubro de 1950 foi eleita a 1a Diretoria da Missão Armênia Católica de São Paulo, tendo sido escolhido como Presidente o Com. Manoel Kherlakian. No dia 20 de novembro do mesmo ano foi fundada a Juventude Armênia Católica de São Paulo (JAC), sendo Presidente o Sr. Afonso Kherlakian.