Na Igreja Armênia Católica, a Quaresma começa no domingo que antecede a Quarta-feira de Cinzas e que é precedida de três semanas de preparação. Esse período recebe o nome de “Aratchavoráts” , ou seja, “tempo que precede”. No tempo quaresmal o cristão é convidado a se aproximar com Deus visando o crescimento espiritual; a fazer um discernimento da sua vida à luz do Evangelho. Esse convite à interiorização é o significado do fechamento da cortina que separa a parte da igreja onde se localiza o Altar. Recorda também o longo período que a humanidade ficou privada da salvação, aguardando o Salvador, o Messias.

No inicio e no fim da Santa Missa, os cantos são suspensos e não se realiza procissão do santo Evangelho. Nos quarenta dias de Quaresma não se realiza o sacramento do Matrimônio, porque não há espaço para pompa e solenidade; a cortina do altar está fechada.

Texto: Boletim ” Mensageiro” edição 62 – Jan- Mar – 2018.